EP word of the week (#168): talho

Boa tarde a todos! Espero que estejam a ter um bom dia (:

A Palavra do Dia de hoje é bastante comum, até porque é algo que muitas pessoas não conseguem viver sem: estou a falar da palavra [o] talho, que o sítio onde se pode comprar carne fresca para consumo próprio. Muitos supermercados e hipermercados têm uma secção de talho, e em muitas cidades e vilas também existem lojas especializadas em vender carne e charcutaria – chamamo-lhes talhos em todos estes contextos.

boucherie_stuby
Boucherie Stuby, um talho na cidade suíça de Vevey (cantão de Vaud).

Continue reading

EP idiom of the week (#167): [ter/estar com] a barriga a dar horas

Bom dia a todos! Espero que tenham tido uma ótima semana!

A expressão de hoje é muito simples e também muito conhecida: sempre que alguém tem muita fome, diz-se que tem ou está com a barriga a dar horas , como se o estômago fosse um relógio de alarme que dispara quando se tem fome!

adult autumn biting close up
Alguém claramente com a barriga a dar horas.

Continue reading

EP word of the week (#166): morada

Boa tarde a todos! Espero que estejam a ter um ótimo verão (inverno para os nossos seguidores no Hemisfério Sul)!

A Palavra da Semana de hoje é interessante, porque é uma palavra maioritariamente usada em Portugal, mas cujo equivalente brasileiro também é bem conhecido dos portugueses (se bem que usado de forma mais formal). O termo de que estou a falar é [a] morada, address em inglês, i.e. as indicações de onde alguém vive (rua, porta, andar se existir, lado, e código postal).

A outra palavra é [o] endereço, que também é usada em Portugal como substituto de morada, em especial em contextos mais formal.

person uses pen on book
Photo by rawpixel.com on Pexels.com

Continue reading

EP idiom of the week (#165): puxar a brasa à [minha] sardinha

Olá a todos!

Como o nosso verão costuma ser muito quente e seco, é normal ver muitos portugueses aproveitar esse tempo para fazer churrascos. Um churrasco é a preparação de comida assada na grelha, com grelhadores a carvão ou gás, e também o nome da festa feita depois da refeição (também se pode utilizar a palavra inglesa, barbecue, em especial para nomear os grelhadores mais avançados, não tanto para a festa em si).

Como os dias são quentes e longos, é normal que a reunião (seja de família, amigos ou vizinhos) se desenrole durante toda a tarde. Os portugueses comem mais cedo que os espanhóis (por volta da 1 da tarde, 13h), mas partilham com estes o gosto por perder tempo à mesa com amigos e família em dias como estes, de fim de semana ou feriado, onde não há grande coisa para fazer!

Tudo isto para dizer que as sardinhas são um dos pratos preferidos destes churrascos, e foi por isso que decidi escrever um artigo que as use numa expressão popular, puxar a brasa à (minha) sardinha (nota: o adjetivo possessivo pode ser substituído pelos demais – tua, sua, dele/dela, nossa, vossa, deles/delas – dependendo de quem fazemos referência).

Evocando uma bela imagem de sardinhas a cozinhar numa fogueira ou grelha, puxar a brasa à (minha) sardinha significa “utilizar uma situação em benefício próprio”, “fazer ou dizer algo para ter uma vantagem ou benefício”.

Existe alguma expressão semelhante na vossa língua/região?

Continuação de bons estudos!

EP word of the week (#164): aceder

A palavra do dia de hoje não podia ser mais moderna, já que é um verbo muito utilizado sempre que se usa a Internet. Apesar do nome/substantivo correspondente ser [o] acesso em todas as variantes do português, utiliza-se o verbo aceder em Portugal e acessar no Brasil para explicitar o ato de entrar numa página da Internet ou aplicação no computador/telemóvel/tablet.

access adult blur business
Photo by Pixabay on Pexels.com

Como é óbvio, o verbo já era utilizado antes do advento da Internet (tal como “to access” em inglês, apenas ganhou um novo significado na era das novas tecnologias).

Assim sendo, aceder também pode ser utilizado em outros contextos, com o sentido de “entrar, passar a ter acesso a”. Mas como as novas tecnologias fazem parte do nosso quotidiano, passou a ser mais comummente utilizado neste contexto.

Que verbo é que utilizariam nas vossas línguas maternas com o mesmo sentido (entrar numa página web)? Partilhem-nos nos comentários!

Continuação de bons estudos e desejos de uma ótima semana!