EP word of the week (#164): aceder

A palavra do dia de hoje não podia ser mais moderna, já que é um verbo muito utilizado sempre que se usa a Internet. Apesar do nome/substantivo correspondente ser [o] acesso em todas as variantes do português, utiliza-se o verbo aceder em Portugal e acessar no Brasil para explicitar o ato de entrar numa página da Internet ou aplicação no computador/telemóvel/tablet.

access adult blur business
Photo by Pixabay on Pexels.com

Como é óbvio, o verbo já era utilizado antes do advento da Internet (tal como “to access” em inglês, apenas ganhou um novo significado na era das novas tecnologias).

Assim sendo, aceder também pode ser utilizado em outros contextos, com o sentido de “entrar, passar a ter acesso a”. Mas como as novas tecnologias fazem parte do nosso quotidiano, passou a ser mais comummente utilizado neste contexto.

Que verbo é que utilizariam nas vossas línguas maternas com o mesmo sentido (entrar numa página web)? Partilhem-nos nos comentários!

Continuação de bons estudos e desejos de uma ótima semana!

4 thoughts on “EP word of the week (#164): aceder

  1. julkastarter August 1, 2018 / 2:23 pm

    No russo usamos o verbo com sentido “entrar”. Usamos o mesmo para entrar no quarto e entrar no sítio. Aceder (to access) é usado principalmente com o sentido “to login”.

    Liked by 2 people

    • luisdomingos August 1, 2018 / 2:58 pm

      Obrigado pela partilha! :)

      Like

  2. huawen August 6, 2018 / 9:47 am

    Olá Luís, Bom dia!
    Falando de diferenças entre português europeu e português brasileiro, podes explicar o que se passa aqui no dicionário priberam.pt na Internet, por favor?
    “rececionista – Diz-se da ou a pessoa encarregada de receber os hóspedes de um hotel, os clientes dum armazém, de uma fábrica, etc. ”
    Porque é que se usados “de um hotel” “de uma fábrica” mas “dum armazém”? Porque não é “de um armazém”?
    Muito obrigado!
    huawen

    Liked by 1 person

    • luisdomingos August 6, 2018 / 10:50 am

      Olá! Não sei dizer bem o porquê de terem utilizado formas diferentes nesta situação! Ambas estão corretas, provavelmente é uma questão de acentuação dentro da própria frase – há um intervals maior entre as sílabas tónicas na frase com a contração: “CliENtes dum armaZÉM, talvez tendamos a contrair mais as preposições quando é preciso encurtar esse espaço entre sílabas tónicas para fazer o discurso fluir melhor :) Ótima pergunta, obrigado pela partilha!

      Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s