EP word of the week (#166): morada

Boa tarde a todos! Espero que estejam a ter um ótimo verão (inverno para os nossos seguidores no Hemisfério Sul)!

A Palavra da Semana de hoje é interessante, porque é uma palavra maioritariamente usada em Portugal, mas cujo equivalente brasileiro também é bem conhecido dos portugueses (se bem que usado de forma mais formal). O termo de que estou a falar é [a] morada, address em inglês, i.e. as indicações de onde alguém vive (rua, porta, andar se existir, lado, e código postal).

A outra palavra é [o] endereço, que também é usada em Portugal como substituto de morada, em especial em contextos mais formal.

person uses pen on book
Photo by rawpixel.com on Pexels.com

Um exemplo de uma morada portuguesa/endereço postal português seria:

Avenida D. Afonso Henriques, n.° 21, 2.° Fte
2845-015 Amora

Assim, podemos perceber que X vive na Amora (uma localidade na Margem Sul, a zona da Península de Setúbal a sul de Lisboa – na margem sul do Tejo), na rua com o nome Avenida D. Afonso Henriques, no prédio com 21 como número de porta e no segundo andar frente.

Os nomes das ruas costumam variar consoante as características da mesma. São exemplos de títulos/tipos de rua:
Rua: uma rua normal, com um passeio para peões e com duas entradas/saídas;
Praceta: uma rua sem saída, cul de sac em inglês
Travessa: uma rua pequena, normalmente em forma de meia-lua
Avenida: uma rua grande e larga, com muito movimento de peões e/ou carros
Alameda: zona aberta e ladeada de árvores

A tipologia dos lados em andares também varia: o mais normal é associar o apartamento a uma direção vista da parte de fora (ou no sentido de quem entra no prédio). Se a entrada para o apartamento estiver à esquerda, o andar é esquerdo, se estiver em frente é frente, se estiver à direita é direito (rés-do-chão esquerdo/direito/frente). Em prédios com mais de três apartamentos por andar, podem ser usadas letras (por exemplo, 3.° D, 5.° A) ou subdivisões de “frente” (frente esquerdo e frente direito).

O primeiro andar acima do nível do solo é conhecido por rés-do-chão (abreviatura em cartas: R/C) ou andar térreo, mesmo quando não está exatamente ao nível do chão). Isto quer dizer que um primeiro andar é muitas vezes o segundo andar da perspetiva de quem olha para um prédio desde o chão!

Os códigos postais portugueses são formados por sete dígitos: os quatro primeiros dizem respeito a uma área mais alargada, normalmente uma parte de uma cidade ou vila. Os três últimos são ruas ou conjuntos de ruas dentro da área delimitada pelo código de quatro dígitos.

Como é que funciona o sistema de moradas nos vossos países? Já alguma vez tiveram problemas em decifrar uma morada portuguesa? Usem os comentários à vontade para discutir este assunto ou apontar dúvidas que tenham!

Até à próxima semana e desejos de continuação de bons estudos!

2 thoughts on “EP word of the week (#166): morada

    • luisdomingos August 15, 2018 / 3:38 pm

      O nome da rua é fictício (espero) 🤣 Escolhi-o porque é parecido com o meu CP em Portugal, 2815 (na Margem Norte) 😄

      Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s