European Portuguese word of the week (#190): [o] (modo) condicional

Bom dia/tarde/noite a tod@s, dependendo de onde estiverem (e de quando estiverem a ler este post, claro)!

Palavra do dia de hoje é, na verdade, uma série de palavras para um tempo/modo verbal português. O modo condicional, normalmente referido apenas como condicional, é o modo verbal utilizado quando se quer estabelecer algo como uma condição: uma ação que se só pode ser feita, terminada ou cumprida caso outra aconteça. No Brasil, o condicional é chamado de [o] futuro do pretérito, e é considerado um tempo verbal do indicativo. É assim chamado por se considerar que também serve para descrever ações passadas, mas que ocorreram num passado mais próximo face a outras ainda mais antigas.

blueberries cake chocolate chocolate cake
Eu dar-te-ia um pedaço deste bolo de chocolate se me fosses buscar um garfo.

Continue reading

European Portuguese expression of the week (#189): népia

Bom dia/tarde a tod@s!

Como já se devem ter apercebido, de há um ano a esta parte tenho alternado estas publicas entre Palavras e Expressões Idiomáticas da Semana, para tentar cobrir um leque maior de novas palavras para ajudar à vossa aprendizagem do português.

A expressão do dia de hoje é utilizado num registo mais coloquial/informal, ou seja, só entre amigos ou conhecidos, e especialmente entre gente jovem. Faz parte de um registo menos cuidado e talvez não a vão utilizar muito quando falarem com portugueses, mas pode ser que a ouçam na rua!

Népia significa “coisa nenhuma” ou “não”. Pode ser utilizada para substituir a interjeição “não” (como resposta a uma pergunta):

  • Conheces o meu primeiro? Népia, acho que não.

Com o sentido de “coisa nenhuma”, serve para qualificar uma expressão negativa; aqui, substitui o pronome indefinido “nada”:

  • Não percebo népia de matemática.
silhouette photo of standing man holding camera looking at fireworks display
– Estás a ver o mar? Népia, estou a ver o fogo de artifício!

Continue reading

European Portuguese word of the week (#188): quinta

Olá a todos, e bem-vindos a mais uma Palavra da Semana!

A palavra de hoje é tão comum que é um pouco estranho que não me tenha lembrado mais cedo dela: falo-vos de [a] quinta, a palavra em português europeu para o lugar onde são criados animais e produzidos alimentos e outros produtos para consumo humano de forma especializada e intensiva. É um local central para qualquer regime de produção agrícola, e faz parte da vida dos humanos há pelo menos dez mil anos, desde que foram criadas as primeiras sociedades agrícolas no Neolítico.

Em Portugal, a palavra mais comum para falar sobre estes terrenos é [a] quinta. Os animais da quinta incluem galos e galinhas, vacas e bois, ovelhas e carneiros, porcos e porcas, por vezes outros tipos de aves (como gansos e patos) e outros animais que possam ser utilizados para a produção de leite e derivados (como cabras). Algumas quintas dedicam-se somente à produção de vegetais e frutos (sendo que o terreno onde são cultivadas árvores de fruto é chamado de [o] pomar). No Alentejo, na zona sul de Portugal, também podem ser chamadas de [a] herdade, um conceito associado a grandes quintas rurais com um só dono e onde trabalhavam muitas pessoas por um salário. O montado faz parte da paisagem comum das herdades alentejanas.

agriculture barn clouds corn
Um celeiro numa quinta.

Continue reading

European Portuguese idiom of the week (#187): escolha múltipla

Boa tarde a todos!

Peço-vos imensa desculpa pelo artigo de hoje chegar um pouco atrasado: pensava que o tinha guardado como artigo (post), mas afinal guardei-o como página, por isso é que não aparece diretamente no website! :( Deixo-vos em baixo o artigo correto, agora já como post! Obrigado pela compreensão e boa semana!


Boa tarde a todos! Espero que tenham tido uma ótima semana!

De volta ao nosso circuito por expressões particulares do português europeu, hoje decidir trazer-vos uma que não sabia ser específica de Portugal até há um mês, coisa menos coisa. Falo de escolha múltipla, ou seja, a uma pergunta onde existem várias possibilidades de resposta, sendo que normalmente apenas uma delas está correta. Pelo menos em Portugal, alguns testes e exames têm perguntas de escolha múltipla; não são tão dominantes como nos EUA (onde alguns testes são só de escolha múltipla), mas podem fazer parte de um teste, para testar diferentes níveis de dificuldade e capacidades inteletuais dos alunos.

evaluacion
Uma má maneira de preencher uma pergunta de escolha múltipla.

Continue reading

EP word of the week (#186): bólingue

Bom dia a todos! Espero que tenham tido uma ótima Passagem de Ano e que o novo ano vos esteja a tratar bem (:

Palavra da Semana que vos trago hoje não tem nada de especificamente específico a esta época do ano (era suposto ser o último artigo do ano passado, antes de me ter lembrado que ainda não tinha escrito nada sobre o nosso Pai Natal!), mas é uma palavra útil para quando nos visitarem.

[O] bólingue é a forma portuguesa (de Portugal) de escrever bowling, o popular jogo de bolas e pinos jogado em salões em vários sítios (e agora, com as novas tecnologias, disponível também em smartphones e consolas para quem não quer ou não pode se deslocar a um salão de bólingue). Em Portugal, a palavra [o] bowling também é bastante conhecida, e muitas dos estabelecimentos comerciais dedicados ao bólingue utilizam a versão original do nome para patrocinar os seus serviços. Bólingue acaba por ser a forma aportuguesada do nome, especialmente a forma como o português europeu o pronuncia.

Em especial para vocês que estão a aprender a língua, destacaria o fato de bólingue ter como vogal tónica (a mais forte) um O aberto (semlhante ao au na palavra inglesa “cause”), que normalmente é diferente da forma como um falante nativo do inglês a diria.

sport alley ball game
Um salão de bólingue/bowling.

 

Continue reading